AssistĆŖncia Técnica
Aciaria

Realizamos tarefas de troubleshooting e assistĆŖncia técnica de curto, médio e longo prazo sobre temas de aceria elétrica, aceria ao oxígeno, refino secundário, lingotamento contínuo de tarugos, blocos e redondos e lingotamento contínuo de placas.

Aciaria elétrica

Dispomos de consultores com conhecimento abrangente da operaĆ§Ć£o de fornos elétricos Ć  arco, que trabalharam em diversas aciarias, com variados mix de carga, tipos de forno e graus de aƧo produzidos, tanto na linha de aƧos comuns quanto especiais.

Utilizamos uma ferramenta de benchmarking com 150 fornos de diversas características e de programas computacionais para realizaĆ§Ć£o de balanƧo de energia, balanƧo de massa de escória, modelos da desfosforaĆ§Ć£o, remoĆ§Ć£o de cromo, etc.

Estamos em condiƧƵes de avaliar os aportes que a preparaĆ§Ć£o da sucata, a incorporaĆ§Ć£o de materiais alternativos, novas práticas e tecnologias podem significar em termos de melhora da performance, aumento da produtividade e diminuiĆ§Ć£o dos custos de produĆ§Ć£o.

Também temos experiĆŖncia com fornos elétricos pequenos, tanto trifásicos como monofásicos, para fundiƧƵes, fornos de induĆ§Ć£o e fornos de arco submerso para a produĆ§Ć£o de ferroligas e carbureto de cálcio.

Aciaria ao oxigĆŖnio

Temos experiĆŖncia na dessulfuraĆ§Ć£o de gusa e a operaĆ§Ć£o de convertedores ao oxigĆŖnio.

No que faz Ć  dessulfuraĆ§Ć£o de gusa, manejamos tanto os processos com injeĆ§Ć£o por lanƧa na panela pelícano e os processos com agitaĆ§Ć£o mecĆ¢nica (reator Kanbara), para diminuiĆ§Ć£o do custo operacional, incluindo a perda de gusa. Em relaĆ§Ć£o aos convertedores temos trabalhado no que faz ao perfil de sopro mais adequado, a eliminaĆ§Ć£o dos desbordes, a evoluĆ§Ć£o da escória, o emprego de sopro combinado e as técnicas de slag splashing para prolongamento da vida dos materiais refratários.

Refino secundário

Pode-se colaborar no desenvolvimento das práticas para aƧos acalmados ao alumínio e acalmados ao silício e manganĆŖs, ao carbono, de baixa e média liga e microligados, no pertinente Ć  metalurgia durante o vazamento, e a operaĆ§Ć£o do forno panela e a estaĆ§Ć£o de tratamento.

Contamos com modelos para a dessulfuraĆ§Ć£o e a flotaĆ§Ć£o de inclusƵes. Entre a experiĆŖncia desenvolvida, se inclui a desoxidaĆ§Ć£o da escória e o aƧo, a homogeneizaĆ§Ć£o química e térmica, as práticas para a flotaĆ§Ć£o de microinclusƵes, o tratamento com cálcio, o borbulhamento de argĆ“nio, etc.

Conta-se com as composiƧƵes de escória e as práticas operacionais adequadas para a proteĆ§Ć£o de refratários magnesianos e dolomíticos, a absorĆ§Ć£o de inclusƵes e a dessulfuraĆ§Ć£o.

Lingotamento contínuo de tarugos, blocos e redondos

O conhecimento acumulado abrange todos os aspectos relacionados com a performance da máquina de lingotamento contínuo, tanto para produtos comuns como especiais. O design e a operaĆ§Ć£o dos distribuidores; os tipos de molde mais adequados em funĆ§Ć£o da velocidade de lingotamento e o tipo de materiais a lingotar, os parĆ¢metros de oscilaĆ§Ć£o, a transferĆŖncia de calor e outras variáveis do processo.

Temos trabalhado na eliminaĆ§Ć£o de problemas operacionais como clogging, de qualidade como romboidade, empeno, abaulamento, pin holes, arraste de escória, gotas frias, miniperfuraƧƵes, marcas de oscilaĆ§Ć£o profundas, depressƵes, trincas longitudinais de canto, trincas transversais, trincas off corner, trincas de médio caminho, trincas centrais, macroinclusƵes, segregaĆ§Ć£o e porosidade centrais.

Lingotamento contínuo de placas

O conhecimento disponível abrange o design interno dos repartidores, a operaĆ§Ć£o em seqĆ¼ĆŖnciais prolongados mediante o uso de troca automática de válvula submersa, a troca automática de espessura e a prática de troca do repartidor ao vĆ“o; o uso do tratamento com cálcio como ferramenta para melhorar a qualidade superficial; o estudo das caixas remanentes de perfuraƧƵes para determinar sua origem e a análise de falha de moldes que apresentaram desgaste prematuro ou passaram por condiƧƵes operacionais especiais.

EstĆ£o inclusos os aƧos de baixo teor de carbono (incluindo os chamados ā€œperitécticosā€) para tiras laminadas a quente, tiras laminadas a frio e revestidos, incluindo também os aƧos microligados.

Inclui-se também o troubleshooting de problemas de qualidade tais como trincas transversais, trincas de médio caminho, borbulhas de argĆ“nio, macroinclusƵes e seus correlatos nos produtos laminados a quente e a frio.